Sexta, 19 de Agosto de 2022 04:08
(64) 99229-6034
Anúncio
Polícia Polícia

Suspeito de ameaçar esposa é preso em Rio Verde: ‘não te mato agora pelas crianças’

Durante buscas dentro da casa do casal, os policiais encontraram o suspeito com uma faca na cintura

27/06/2022 11h59
98
Por: Cristiano Souza
Suspeito de ameaçar esposa é preso em Rio Verde: ‘não te mato agora pelas crianças’

Polícia Militar (PM) prendeu um homem suspeito de ameaçar matar a esposa neste final de semana, em Rio Verde, Sudoeste de Goiás. Segundo a vítima, homem teria dito que só não a mataria naquele momento porque os filhos, que são crianças, estavam presentes.

Aos militares, a mulher contou que o marido havia saído de casa cedo para vender um aparelho celular. Quando retornou, estava bastante embriagado e agressivo.

O casal iniciou discussão por um motivo fútil. Segundo a mulher, o homem proferia xingamentos e ameaças de morte, dizendo que só não a mataria pois estavam na frente de quatro filhos, de 6 e 10 anos e gêmeas de 6 meses.

Mesmo assim, o suspeito teria agarrado a esposa pelo pescoço e a enforcado. De acordo com os policiais, a mulher apresentava vários hematomas no pescoço. No momento da briga, as crianças mais velhas fugiram em busca de socorro para a mãe.

Suspeito de ameaçar esposa foi preso com faca na cintura

Durante buscas dentro da residência do casal, os policiais encontraram o suspeito. Ele estava com uma faca na cintura. Diante da situação, a equipe deu voz de prisão em flagrante ao suspeito por lesão corporal no contexto de violência doméstica. Em seguida, o encaminharam para a Delegacia de Rio Verde.

A corporação não respondeu se o suspeito possui antecedentes criminais e nem se a vítima já havia denunciado o marido por algum tipo de situação de violência anterior. A Polícia também não informou se a vítima requeriu a medidas protetivas como forma de segurança.

Violência contra a mulher em Goiás

Casos como esse são frequentemente registrados em Goiás. De janeiro à março de 2022, o estado teve 16 casos de feminicídio, 67 estupros, 3.841 ameaças, além de 2.624 casos de mulheres agredidas e 2.684 que foram caluniadas, difamadas e injuriadas.

Entre 2020 e 2021 casos de feminicídio aumentaram 23% em Goiás. No ano passado, 54 mulheres foram assassinadas; enquanto em 2020 esse número foi de 44 vítimas.

Crimes como esses podem ser denunciados pelo Ligue 180, que escuta e acolhe mulheres em situação de violência. O serviço registra e encaminha denúncias aos órgãos competentes, bem como reclamações, sugestões ou elogios sobre o funcionamento dos serviços de atendimento.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Rio Verde - GO
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (20/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Domingo (21/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio