Sábado, 28 de Maio de 2022 14:28
(64) 99229-6034
Anúncio
Política Política

“Resultado das urnas será respeitado”, garante presidente do Senado

Pacheco diz que em 18 eleições nos últimos 25 anos, desde que as urnas eletrônicas foram implementadas, não houve nenhum nenhum caso de fraude

10/05/2022 12h55 Atualizada há 3 semanas
75
Por: Cristiano Souza
“Resultado das urnas será respeitado”, garante presidente do Senado

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD) disse pelo Twitter que o parlamento irá rechaçar qualquer ataque às instituições, além de reafirmar a confiança na Justiça Eleitoral. “O resultado das urnas será respeitado e irá espelhar a vontade popular”, escreveu.

Segundo ele, em 18 eleições nos últimos 25 anos, desde que as urnas eletrônicas foram implementadas, não houve nenhum nenhum caso de fraude. Ele afirmou, ainda, que “nosso processo eleitoral sempre foi motivo de orgulho para nós brasileiros”.

E ainda: “Infelizmente, discursos contra as urnas eletrônicas acabaram por desmerecer este sucesso, mas seguiremos nosso papel de afirmar e reafirmar que as eleições vão acontecer normalmente e que o resultado da vontade do brasileiro na escolha de seus representantes será seguido.”

Vale citar, em resposta a questionamentos do Ministério da Defesa sobre o sistema eleitoral, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, enviou um ofício à Comissão de Transparência das Eleições (CTE) nesta segunda-feira (9). Ao todo, a corte respondeu sete questões das Forças Armadas, que chamou de “opiniões”.

Em um dos pontos respondidos, a corte desmente fala das Forças Armadas que a totalização de votos é realizada apenas pelo TSE. “É impreciso afirmar que os TREs [Tribunais Regionais Eleitorais] não participam da totalização: muito pelo contrário, os TREs continuam comandando as totalizações em suas respectivas unidades da federação.”

“Os votos digitados na urna eletrônica são votos automaticamente computados e podem ser contabilizados em qualquer lugar, inclusive, em todos os pontos do Brasil”, diz a Corte, que, no entanto, afirma agradecer “todas as considerações e contribuições ofertadas.”

Já sobre questionamentos da segurança das urnas: “Consoante explicado, os cálculos estatísticos do TSE tomam como premissa o fato de que o sistema de votação eletrônico brasileiro vem sendo utilizado há mais de duas décadas sem uma única ocorrência de fraude, bem como que há homogeneidade entre as urnas. Todas elas passam por sucessivas fases de auditoria que fazem com que se garanta a utilização de um único sistema informatizado para a votação.”

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (29/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Segunda (30/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio