Sábado, 28 de Maio de 2022 14:38
(64) 99229-6034
Anúncio
Política Política

Bivar sai em defesa de Moro; Caiado e outros querem impugnar filiação

"Tudo o que eu ouvi Moro dizer é que ele está no partido como soldado", diz presidente do União Brasil

04/04/2022 11h48
84
Por: Cristiano Souza
Bivar sai em defesa de Moro; Caiado e outros querem impugnar filiação

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) e outros nomes do antigo DEM querem impugnar a filiação a Sergio Moro. Enquanto isso, o presidente da sigla, Luciano Bivar, sai em defesa do ex-juiz. “Nosso partido é uma comunhão de ideias, não vamos cercear nada e ninguém. O resto é conversa”, afirmou ao G1.

Caiado assinou junto com outros membros do partido um pedido que requer a impugnação da filiação de Moro ao União Brasil. Segundo o governador disse que o ex-juiz federal descumpriu, “de forma desrespeitosa”, o acordo que havia firmado com integrantes do partido que o recepcionou.

O acordo previa que Moro abrisse mão do plano de ser candidato a presidente da República. Ele estaria liberado para concorrer a qualquer outro cargo que quisesse no âmbito do poder Legislativo em São Paulo, como deputado federal ou senador.

O desentendimento começou quando Moro disse, na sexta-feira (1º), que “não havia desistido de nada” (em referência à eleição presidencial). A reação, materializada por um pedido formal de impugnação da ficha de filiação do ex-ministro, é assinada não só por Caiado, como também pelo ex-prefeito de Salvador e secretário-geral do partido, ACM Neto.

“Foi acordado com Bivar [Luciano Bivar, presidente do União Brasil] que Moro viria desde que não fosse candidato à Presidência. Tanto é que ele mudou o domicílio eleitoral para São Paulo. Depois do acordo, ele faz um comunicado e descumpre o que foi acordado com o partido, de uma forma desrespeitosa, sem nenhuma liturgia partidária, a um dia do fim da janela, causando turbulência e a falta de estruturação das chapas de deputados pelos estados”, afirmou o governador de Goiás ao jornalista Gerson Camarotti, da Globonews.

Já Luciano Bivar disse: “Quem se filia não tem exigência nenhuma para se filiar, desde que respeite o estado democrático de direito. Tudo o que eu ouvi Moro dizer é que ele está no partido como soldado, que está disposto a se despir de tudo para unificar uma via, para ter confluência de candidatura única. Quer magnanimidade maior do que essa? Todos têm que ser assim, Simone Tebet, João Doria. Ou queremos a polarização?”

Recuo de Moro

Antes de dizer que não desistiu “de nada”, Moro emitiu um anota retirando a pré-candidatura à presidência, segundo ele, para auxiliar na busca de uma candidatura presidencial única. Ele declaro que seria um “soldado da democracia para recuperar o sonho de um Brasil melhor”. Confira a nota na íntegra:

“O Brasil precisa de uma alternativa que livre o país dos extremos, da instabilidade e da radicalização. Por isso, aceitei o convite do presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar, para me filiar ao partido e, assim, facilitar as negociações das forças políticas de centro democrático em busca de uma candidatura presidencial única. A troca de legenda foi comunicada à direção do Podemos, a quem agradeço todo o apoio.

Para ingressar no novo partido, abro mão, nesse momento, da pré-candidatura presidencial e serei um soldado da democracia para recuperar o sonho de um Brasil melhor.”

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (29/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Segunda (30/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio