Sábado, 28 de Maio de 2022 13:46
(64) 99229-6034
Anúncio
Saúde Saúde

OMS registra menor incidência global de Covid desde a chegada da Ômicron

Apesar da queda registrada pela sexta semana consecutiva, a organização alertou para a redução da testagem em muitos países

04/05/2022 14h35
77
Por: Cristiano Souza
OMS registra menor incidência global de Covid desde a chegada da Ômicron

O mundo registrou 3,8 milhões de casos de Covid-19 na última semana, a cifra mais baixa desde que os primeiros casos da variante Ômicron, atualmente a dominante no planeta, foram detectados em meados de novembro do ano passado, segundo dados apresentados nesta quarta-feira (4) pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Esse número representa uma redução de 17% em relação às infecções registradas na semana anterior (18 a 24 de abril), segundo a OMS, que reiterou em seu relatório epidemiológico semanal que, devido à redução de testes em muitos países, essa queda deve ser interpretada com cautela.

Esta é, de qualquer forma, a sexta semana consecutiva de quedas globais, longe dos recordes do fim de janeiro, quando se superava o patamar de 23 milhões de infecções no mundo por semana.

A Europa permanece como a região com mais infecções nos sete dias estudados (1,8 milhão, uma queda de 22% em relação à semana anterior), seguida pelo leste da Ásia (1,1 milhão, 20% menos) e América (616.000, um aumento de 13%).

De 25 de abril a 1º de maio, foram registradas 15.700 mortes, uma redução de 3% em relação à semana anterior, confirmando uma tendência de queda iniciada já em fevereiro.

O número semanal de mortes é o mais baixo desde o fim de março de 2020.

A Europa registrou 6.400 mortes por Covid na semana passada, um decréscimo de 16%, enquanto na América foram registradas 4.200, número semelhante ao do período semanal anterior, e no Sul da Ásia, 2.600, um aumento de 69% que se explica em parte pela contabilização na Índia de mortes de meses anteriores. 

No relatório desta semana, a OMS deixou de relatar a porcentagem de casos analisados ​​em laboratório que pertencem a variantes do coronavírus diferentes da dominante (Delta, Alfa etc.), e observou que “praticamente todas as sequências relatadas são da Ômicron”.

No acumulado desde o início da crise sanitária há mais de dois anos, 511 milhões de casos de Covid foram registrados no planeta, dos quais 6,2 milhões foram fatais, o que constitui a pior pandemia desde a gripe de 1918-1920.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (29/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Segunda (30/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio