Terça, 18 de Janeiro de 2022 20:22
(64) 99229-6034
Anúncio
Saúde Pandemia

Ocupação de leitos de UTIs públicas cresce 30% em uma semana, em Aparecida

O aumento da ocupação nas UTIs públicas do município acontece em meio a alta dos números da Covid-19 em todo país.

10/01/2022 13h38
106
Por: Cristiano Souza
Ocupação de leitos de UTIs públicas cresce 30% em uma semana, em Aparecida
A taxa de ocupação de leitos de UTIs públicas em Aparecida cresceu 30% em uma semana. De acordo com boletim epidemiológico do município divulgado no 3 de janeiro, a lotação estava em 35%. Porém, o índice de ocupação subiu para 66% dos leitos no último domingo (9).
O aumento da ocupação nas UTIs públicas do município acontece em meio a alta dos números da Covid-19 em todo país. No último domingo (9), o prefeito Gustavo Mendanha anunciou a suspensão do mutirão da prefeitura devido ao aumento de casos de Covid-19 na cidade.
As ações da prefeitura estavam previstas para o próximo fim de semana no Mansões Paraíso e região. A frente de serviços da Administração Municipal nos bairros será mantida.
A partir da próxima segunda (10), equipes das secretarias municipais estarão nas ruas da Região dos Mansões Paraíso para realizarem serviços como roçagem, manutenção da sinalização de trânsito, dentre outros.
“Tínhamos previsto, como em todas as outras 25 edições do Prefeitura em Ação, a realização dos serviços diretos à população na sexta e no sábado. Mas em razão do aumento de positivados com Covid, vamos suspender o mutirão nos dias 15 e 16, mas a frente de serviços vai trabalhar na Região”, pontuou o prefeito Gustavo Mendanha
Desde a descoberta do primeiro infectado com a variante Ômicron do coronavírus em Aparecida, o número de novos casos confirmados no período de 24 horas mais do que triplicou. No dia 12 de dezembro, data da identificação do primeiro caso da nova variante no município, foram 12 novos casos em 24 horas. Já no último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, este número saltou para 40
De acordo com o secretário municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia, Alessandro Magalhães, o índice de casos positivos em Aparecida de Goiânia saltou de 5% para 11% desde o dia 24 de dezembro. A suspeita é que a variante Ômicron tenha elevado o número de contaminações.
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio