Terça, 18 de Janeiro de 2022 20:20
(64) 99229-6034
Anúncio
Notícias Chuva

Casa fica submersa após dias de chuva em Flores de Goiás

Flores de Goiás chegou a decretar situação de emergência, contabilizando cerca de 300 famílias afetadas pelas chuvas.

06/01/2022 12h07
109
Por: Cristiano Souza
Casa fica submersa após dias de chuva em Flores de Goiás
Imagens feitas do alto mostram uma casa na zona rural de Flores de Goiás, no nordeste do estado, que foi completamente submersa após intensas chuvas na região. Confira “antes”, quando ainda era possivel ver o imóvel e, quaro dias depois, após todo telhado “sumir” coberto por água.
As gravações foram cedidas à TV Anhanguera pelo internauta Matheus Henrique da Costa da Dias, morador da região. Segundo ele, o telhado da casa era visível no dia 1 de janeiro, mas na quarta-feira (5) a estrutura já estava submersa.
Nas imagens, é possível ver que apenas a caixa d’água e o topo de algumas árvores não ficaram submersos. Segundo o morador, o nível do Rio Paranã, que passa pela região, aumentou muito e alaga várias áreas.
Flores de Goiás chegou a decretar situação de emergência, contabilizando cerca de 300 famílias afetadas pelas chuvas.
Por causa das chuvas constantes no nordeste goiano, alguns moradores da zona rural ficaram desabrigados por terem as casas alagadas ou ilhadas.
O lavrador Noel Leite dos Santos, que mora em Cavalcante, contou que parte da parede da casa onde mora desabou e o imóvel teve que ser interditado pela Defesa Civil.
“Foi caindo o reboco devagarzinho, depois as paredes racharam e foi caindo. Estava lá dentro e assustei com o barulho”, contou.
Também lavradora, Valdirene Rodrigues teve que ir morar provisoriamente com a mãe e os três filhos em um abrigo da Prefeitura de Cavalcante. Ela contou que teve a casa inteira alagada e que transitar pela região está muito difícil.
“A água entrou e parava. A gente rapava, mas não adiantava. […] Ninguém passa nem para ir nem para vir. Mas, com fé em Deus, tudo vai melhorar”, disse.
Agência Goiana de Infraestrutura e Transporte (Goinfra) informou que está trabalhando para liberar a GO-118 ainda esta semana. A rodovia está interditada desde o final de dezembro de 2021 por causa de uma cratera que se formou devido às chuvas.
Segundo o órgão, há equipes trabalhando na região para viabilizar a passagem de veículos pelos desvios, que também acabam apresentando problemas por causa das chuvas.
Também por causa das chuvas, muitas pessoas estão precisando de doações de alimentos, roupas e outros itens básicos. A Secretaria Municipal de Saúde de Cavalcante alertou que está com falta de medicamentos e insumos para tratar a população que está adoecendo nesta época.
Milhares de cestas básicas já foram enviadas para ajudar a abastecer a região e o Corpo de Bombeiros trabalha para levar essa ajuda a quem precisa, já que muitos locais só são acessíveis por meio de barcos.
A TV Anhanguera e a Central Única das Favelas em Goiás (Cufa-GO) criaram um PIX para que as pessoas possam fazer doações que seram revertidas nesses itens essenciais que estão em falta na região: [email protected]
A SMS de Cavalcante divulgou uma lista dos remédios que estão precisando para atender a população e também indicou locais de entega – veja aqui como ajudar.
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio