Terça, 21 de Maio de 2024 21:05
(64) 99229-6034
Anúncio
Polícia Riscos

Justiça coloca em sigilo caso de mulher que atropelou árbitro em Senador Canedo

No dia do acidente, vídeos viralizaram com a mulher segurando uma garrafa de cerveja mesmo após o ocorrido.

18/07/2023 09h07
Por: Cristiano Souza
Justiça coloca em sigilo caso de mulher que atropelou árbitro em Senador Canedo

O juiz da 2ª Vara Criminal de Senador Canedo, Diego Custódio Borges, decretou sigilo do caso da morte do árbitro de futebol Edivaldo Marinho dos Santos, 49 anos, que foi atropelado pela professora Elaine Chagas Cardoso, 45, no último dia 9, na GO-537, no município. Ele acatou pedido da defesa da mulher, que foi presa em flagrante por embriaguez ao volante e homicídio culposo.

No dia do acidente e seguintes, vídeos viralizaram com a mulher segurando uma garrafa de cerveja mesmo após o ocorrido. Ela, inclusive, bebia momentos depois do atropelamento. O árbitro estava indo para uma partida.

A defesa de Elaine apontou os riscos que exposição davam a mulher. Ela e familiares teriam sofrido ameaças nas redes sociais. Da mesma forma, o Ministério Público de Goiás (MPGO) referendou a demanda, uma vez que a imagem da suposta autora, sem tampar o rosto, motivou o pedido. Mesmo sem documentos comprovando as ameaças, o MPGO concordou.

“O caso tem recebido atenção intensa da mídia, o que é compreensível diante da gravidade dos fatos. Todavia, a publicação dos autos e o acesso por dezenas de pessoas tem trazido consequências indesejáveis, como a divulgação em noticiário da TV de imagens da audiência de custódia realizada nos autos, ao que sabemos sem autorização do juízo”, disse o promotor Bruno Barra Gomes nos autos.

Já o magistrado argumentou que os veículos de comunicação não tiveram cautela na divulgação do vídeo. Disse, ainda, que isso poderia gerar “consequências indesejáveis às partes”. “Ademais, o delito supostamente praticado pela autuada ainda está em investigação, não havendo a conclusão do Inquérito Policial”, completou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.