Terça, 18 de Janeiro de 2022 19:35
(64) 99229-6034
Anúncio
Polícia Polícia

Mulher joga garrafa de pinga no lixo e é agredida pelo namorado em Alto Paraíso

Aos policiais, a garota explicou que o sujeito fica muito agressivo quando ingere bebidas alcoólicas. Nessas ocasiões, o homem sempre ameaça e agride a companheira.

06/01/2022 13h08
103
Por: Cristiano Souza
Mulher joga garrafa de pinga no lixo e é agredida pelo namorado em Alto Paraíso
Um homem de 30 anos está preso suspeito de agredir com socos a namorada de apenas 17 anos. O crime aconteceu nesta terça-feira (4), na cidade de Alto Paraíso de Goiás, no Nordeste do estado goiano. Segundo a Polícia Civil, a agressão ocorreu logo depois que a garota jogou uma garrafa de pinga no lixo, para tentar evitar que o companheiro bebesse.
Aos policiais, a garota explicou que o sujeito fica muito agressivo quando ingere bebidas alcoólicas. Nessas ocasiões, o homem sempre ameaça e agride a companheira. Por isso, ela não queria que ele bebesse.
No dia do crime, o homem já estava embriagado quando a vítima tentou afastá-lo da bebida alcoólica. A atitude de jogar a garrafa de pinga no lixo foi motivo suficiente para o suspeito socar o rosto da adolescente três vezes contra a parede.
Durante a investigação, a policia descobriu que diversas testemunhas presenciaram o crime. Essas pessoas disseram que essa não foi a primeira vez que as agressões aconteceram. No entanto, a vítima sempre tinha receio de acionar os órgãos públicos.
Ao Mais Goiás, a delegada Bárbara Buttini, que é responsável pelo caso, detalhou que a adolescente tem uma filha com o suspeito. Na delegacia, ela prestou queixa com a criança ainda amamentando.
Segundo a investigadora, com o apoio do Conselho Tutelar, a jovem foi encaminhada para a casa da família, onde deverá ficar longe do suspeito. Já o homem está preso em flagrante, recolhido na Unidade Prisional de Alto Paraíso. Ele será indiciado por lesão corporal e ameaça.
Dados do Observatório da Secretaria de Segurança Pública coletados em 2021 comprovam que a violência contra a mulher é comum. De janeiro a setembro deste ano o estado de Goiás registrou quase 8 mil episódios de mulheres vítimas de lesão corporal.
Informações do governo federal corroboram essa realidade. Em 2019, 74% das denúncias ao Ligue 180 foram de mulheres agredidas pelos maridos ou ex-companheiros. Sendo que, 55% delas eram mulheres negras.
Ajude a denunciar esses crimes. O Ligue 180 escuta e acolhe mulheres em situação de violência. O serviço registra e encaminha denúncias aos órgãos competentes, bem como reclamações, sugestões ou elogios sobre o funcionamento dos serviços de atendimento.
Fonte: Mais Goiás
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio