Terça, 18 de Janeiro de 2022 20:28
(64) 99229-6034
Anúncio
Polícia Polícia

Dois policiais são baleados no litoral sul de São Paulo no feriado de Natal

Segundo Sifuspesp, ataques e mortes apontam tendência de ação orquestrada contra profissionais da segurança pública na região

27/12/2021 09h49
103
Por: Cristiano Souza
Dois policiais são baleados no litoral sul de São Paulo no feriado de Natal

Dois policiais foram baleados no sábado (25), durante o feriado de Natal, no litoral de São Paulo. O primeiro caso aconteceu em São Vicente, quando o servidor Rogério Pinheiro saía de seu plantão no Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade e foi alvejado por cinco tiros. Ele sobreviveu ao ataque, e seu estado de saúde é estável. O segundo é um agente penitenciário, de 49 anos, executado a tiros após atender a campainha na Praia Grande.

Segundo informações do Sifuspesp (Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo), homens tocaram a campainha da casa do policial penal do CDP de São Vicente Ronaldo Soares dos Santos, no bairro Cidade Ocian em Praia Grande, e ao atender ele foi alvejado por tiros. Santos foi socorrido no Pronto-Socorro, mas não resistiu e morreu. Os suspeitos fugiram em dois carros e não foram encontrados. 

Por meio de nota, a Secretaria da Administração Penitenciária afirmou que "lamenta profundamente e repudia as violentas e covardes ações que vitimaram dois servidores no dia de Natal na Baixada Santista. A SAP presta todo apoio às forças de segurança para identificação e prisão dos autores dos crimes ao tempo em que presta solidariedade às famílias".

"É com pesar que o Sifuspesp informa a morte do Policial Penal do CDP de São Vicente Ronaldo Soares dos Santos. Mais uma vez o Sifuspesp alerta a categoria para estes ataques de criminosos na baixada santista", disse o sindicato. O órgão afirmou ainda que a direção do sindicato está à disposição para prestar o apoio que a família necessitar, e expressa condolências aos familiares, parentes e amigos do policial penal.

Outros ataques

O sindicato afirmou que um policial militar também teria sofrido ataque na Baixada Santista, o que, segundo o órgão, aponta a tendência de uma ação orquestrada contra profissionais da segurança pública na região. A entidade acendeu um alerta para que todos os servidores penitenciários da região fiquem atentos a sua rotina a fim de evitar novos atentados.

"Não é a primeira vez que crimes semelhantes acontecem nas proximidades, todos com características de execução", disse em nota. "Em 1º de dezembro, o policial penal Eduardo Godinho Kundig já havia sido assassinado a tiros em São Vicente, enquanto apenas três dias antes um policial militar também havia perdido a vida nas mesmas circunstâncias. Áudios que circularam pelas mídias sociais davam conta de uma possível organização por parte de criminosos para matar policiais."

O órgão declarou que colabora com a Polícia Civil  para tentar identificar os suspeitos de cometer os atentados. O sindicato disse ainda que vai exigir que a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) adote medidas para preservar a segurança de todos os servidores da região.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio