Segunda, 29 de Novembro de 2021 22:59
(64) 99229-6034
Polícia importunação

Justiça aceita denúncia contra homem que passou a mão em ciclista no Paraná

Ele e o motorista do carro utilizado para facilitar o crime respondem por importunação sexual e lesão corporal

16/10/2021 07h27
226
Por: Cristiano Souza Fonte: Mais Goiás
A Justiça aceitou, na sexta-feira (15), a denúncia contra o homem que passou a mão no corpo de uma ciclista no Paraná. (Foto: reprodução)
A Justiça aceitou, na sexta-feira (15), a denúncia contra o homem que passou a mão no corpo de uma ciclista no Paraná. (Foto: reprodução)

A Justiça aceitou, na sexta-feira (15), a denúncia contra o homem que passou a mão no corpo de uma ciclista no Paraná. O motorista que aproximou o carro da vítima para facilitar o crime também tornou-se réu no processo. Ambos respondem criminalmente por importunação sexual e lesão corporal qualificada. O caso ocorreu no dia 26 de setembro, Palmas (PR).

A denúncia foi oferecida pela 1ª Promotoria de Justiça de Palmas. O caso teve como qualificadora a razão de gênero, pelo fato da vítima Andressa Lustosa ser mulher.

O processo corre em segredo de Justiça.

Relembre o caso do homem que passou a mão no corpo de ciclista no Paraná

Andressa Lustosa foi vítima de importunação sexual enquanto pedalava pelas ruas de Palmas no final de setembro. Um carro se aproximou da vítima e um homem que estava no banco do passageiro passou a mão no corpo da mulher. Com o ataque, ela se desequilibrou, caiu e teve ferimentos pelo corpo.

O homem suspeito de tocar o corpo de Andressa, Jackson Barboza Simões, de 19 anos, foi preso. Ele negou ter passado a mão propositalmente. O motorista do veículo, Deivid Figueiredo Pereira, de 21 anos, se apresentou na delegacia e afirmou que Jackson tinha a intenção de passar a mão na vítima. O motorista é apontado como coautor do crime.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.